Meus Casais Literários Favoritos

Oi, Pessoal, tudo bem?

Hoje é o Dia dos Namorados e não existe lugar melhor para brindar o amor do que nos livros. Assim, a postagem de hoje será especial e dedicada aos meus cinco casais literários favoritos e ao que podemos aprender com o amor deles. Então, vamos começar essa homenagem literária:

1.  Elizabeth Bennet e Mr.Darcy


Claro que não poderia iniciar essa lista sem colocar, no topo, o casal protagonista de um dos meus livros favoritos, Orgulho e Preconceito, da escritora Jane Austen. O livro é um clássico, assim como esse casal tão tempestuoso, intenso e genuíno.
"Não posso fixar a hora, o lugar, o olhar ou as palavras que basearam meus sentimentos. Começou há muito tempo. E já estava no meio antes que eu percebesse que já tinha começado."
Acho que a grande mensagem que Lizzie e Darcy nos transmitem é que amar não significa não enxergar os defeitos do outro, mas buscar compreendê-los e perceber que o outro só se torna perfeito para nós a partir da sua imperfeição e das suas peculiaridades.

Elizabeth e Mr. Darcy, ao contrário de muitos casais literários, não se apaixonaram à primeira vista. Foram precisos muitos embates para que eles percebessem que eles se completavam a partir das suas imperfeições e das suas diferenças e que, a partir disso, é possível nascer um sentimento verdadeiro e poderoso: o amor.

2. Elisa Clark e Lucas Guimarães

Quem me conhece sabe que sou completamente apaixonada pelos livros da Carina Rissi, o que faz com que todos os casais por ela criados tenham espaço no meu coração. Muito provavelmente eu deveria falar de Sofia e Ian ou de Max e Alícia (meu casal favorito), mas acho que Elisa e Lucas merecem o holofote dessa vez. E vou explicar o porquê.
"Creio que o amor seja feito disto: liberdade. Todos os dias ter diante de si inúmeras alternativas, mas acabar fazendo sempre a mesma escolha."
Elisa e Lucas nos ensinam que o amor, quando verdadeiro, precisa ser maior do que todos os obstáculos que o destino e nós mesmos criamos. Eles nos ensinam que o amor exige abnegação e determinação, para que ele possa, de fato, se concretizar. Além disso, mesmo tão jovens, eles nos mostram que, às vezes, gastamos tempo demais procurando o nosso espaço no mundo, quando o nosso lugar, na verdade, não é um espaço físico, mas uma pessoa.

3Priscila e Rodrigo

Claro que, nessa lista, não poderia faltar algum casal da Paula Pimenta, não é mesmo? Ainda que Fazendo Meu Filme seja a minha série favorita, o casal que conquistou mais fortemente o meu coração foi a Priscila e o Rodrigo, que são intensos, ativistas e poéticos juntos.
"Do seu lado, é como se o sol aparecesse mesmo nos dias nublados."
O que mais gosto da Priscila e do Rodrigo, como um casal, refere-se ao fato de que, mesmo com tantos anos de relacionamento, eles conseguem manter o mesmo amor, o mesmo carinho e a mesma admiração um pelo outro. Eles conseguem encontrar prazer nas pequenas coisas que fazem juntos, mesmo que já a tenham feito milhares de vezes. Eles mostram que o tempo ou a rotina não conseguem diminuir o brilho do amor, quando o sentimento é realmente verdadeiro.

4. Calpúrnia e Gabriel

É óbvio que, nessa lista, não poderia faltar o casal do meu romance de época favorito. De Nove Regras a Ignorar Antes de se Apaixonar, Calpúrnia e Gabriel nos presenteiam com um amor intenso, de tirar o fôlego e que vai crescendo, ao longo das páginas do livro.
"O Amor não é unilateral ou egoísta. É pleno e generoso, e modifica a vida da melhor maneira possível. O Amor não destrói. Ele cria."
O amor desse casal nos ensina que esse sentimento não é capaz de destruir, pois ele não é egoísta, mas generoso, sendo assim capaz de nos (re)construir e de afastar as sombras do nosso passado, de forma a ser luz nos nossos dias de escuridão. Mas isso só pode ser efetivamente alcançado quando temos, ao nosso lado, uma pessoa que ama exatamente quem nós somos.

5. Rafaela e Bernardo

Que todo mundo sabe que eu amo tudo aquilo que envolve jornalismo não é novidade. Então, não poderia deixar de colocar um casal jornalista que cativou o meu coração e que arrancou boas risadas e suspiros com o seu jogo de gato e rato. Hahahahaha.
"Quando somos jovens, temos o costume de achar que nada pode contra nós. Mas como somos burros ! Nossas maiores decepções são provocadas por nós mesmos."
Mas o que podemos aprender com a Rafaela e o Bernardo? Talvez que o amor é capaz de surgir nos lugares mais inesperados e pelas pessoas que nós, à primeira vista, parecemos ser tão distantes. Eles nos ensinam que precisamos deixar a fantasia e as utopias românticas de lado, para que possamos realmente dar uma chance do nosso coração ser feliz. <3


Bom, esse foi o TOP 5 dos meus casais favoritos. Espero que vocês tenham gostado e que algum desses casais também esteja na sua própria listinha. Quero saber quais são os seus casais favoritos! Me conta lá nos comentários.

2 comentários:

  1. Olá Bel!
    Adorei suas escolhas, e super concordamos com Mr. Darcy e Elizabeth ❤️
    Beijos!

    Books & Impressions

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Raíssa,
      Muito Obrigada por nos visitar ! Fico muito feliz em saber que você gostou dos casais que conquistaram o meu coração. Mr. Darcy e Elizabeth formam um casal sem igual. <3
      Beijos,
      Bel

      Excluir