[RESENHA] Mentira Perfeita

Oi, Pessoal, tudo bem?

Quem me conhece sabe que a Carina Rissi é uma das minhas escritoras nacionais favoritas. Sempre com personagens cativantes, casais apaixonados e enredos de tirar o fôlego, os livros da Carina conquistam o seu coração e te deixam querendo mais.

Ainda que eu seja completamente apaixonada pela série Perdida e pela trama de No Mundo da Luna, o meu livro favorito da autora é Procura-se um Marido. Logo, quando fiquei sabendo que o livro ganharia um spin-off e que o protagonista da vez seria Marcus Cassani, meu coração bateu mais forte. Sei que o livro já foi lançado faz tempo, mas nunca é tarde para resenhar um livro tão especial e com personagens tão reais.

Em Mentira Perfeita, vamos nos deparar com a história da Júlia, que é uma garota brilhante em tudo o que se propõe a fazer e que faz de tudo para agradar a Tia Berenice, que representa a única família que lhe sobrou. Por ser sempre focada na vida profissional, o maior sonho de Tia Berê é que Júlia encontre alguém.  Quando Berenice fica gravemente doente, Júlia faz a única coisa que sabe que poderia ajudar na recuperação da tia: inventa um noivo.

Rapidamente recuperada e imensamente feliz que Júlia encontrou alguém, Tia Berenice gasta todas as suas economias nos preparativos de um casamento grandioso para a sobrinha. A questão é: como Júlia vai fazer para contar que o noivo é, na verdade, uma mentira?

Quando tudo parece perdido, os caminhos de Júlia e de Marcus se cruzam e um acordo entre eles parece ser a solução. O problema é que negociar com Marcus Cassani representa ficar ao lado de homem mulherengo, irônico e irritantemente lindo, o que faz Júlia sempre querer se afastar dele, ainda que o seu coração parece ganhar vida quando ele está por perto.

Júlia é, definitivamente, uma das personagens mais reais que a nossa querida Carina Rissi já nos apresentou. Dona de uma inteligência gigantesca, nossa protagonista é uma garota brilhante em tudo o que se propõe a fazer. Prática e racional, Júlia sabe esconder bem os seus sentimentos dentro de si, mas ainda é capaz de demonstrar uma sensibilidade que toca o nosso coração. A relação de Júlia com a Tia Berenice é comovente e vai arrancar algumas lágrimas (e risadas também) suas.

“Tanto havia mudado desde então, mas a maior mudança havia ocorrido dentro de mim. Eu me descobrira, me livrara dos fantasmas, me arriscara, e nunca tinha sido tão feliz em toda a minha vida.”
Júlia é, acima de tudo, humana. Ela traz consigo as dores de uma infância conturbada, que deixaram marcas na sua alma e que a tornaram uma pessoa que se abre para poucos e que tem um leve ar de desconfiança quanto à intenção verdadeira dos outros. Ela precisa lidar com os seus próprios demônios e precisa entender que o amor, quando verdadeiro, é capaz de despertar novas sensações, mas também de nos fazer renascer.

Por outro lado, temos Marcus Cassani: dono de um jeito irritantemente cínico e, ainda sim, encantador, o nosso protagonista tem sempre uma piada irônica pronta e sabe dominar o ambiente como ninguém. Marcus é um daqueles personagens que nos cativa não só por quem ele demonstra ser, mas também por aquilo que ele guarda dentro de si sobre ele e o que ele pensa do mundo.
“Não é o jeito como o seu corpo se move, como você vê, ouve ou sente o mundo que importa, mas a maneira como você vive.”
Para quem não se lembra, o Marcus é o irmão do Max que sofreu um acidente de moto e que, desde então, tenta recuperar o movimento das suas pernas. Logo, Marcus vai nos proporcionar boas reflexões, ao longo do livro. Ele traz dentro de si muitas dúvidas sobre tudo aquilo que ele pode conquistar e sobre tudo aquilo o que poderia ter sido, se não houvesse sofrido o acidente.

Num primeiro momento, Júlia e Marcus podem parecer um casal um tanto difícil de acontecer, mas, ao longo das páginas, é perceptível demais ver a forma como eles precisam um do outro e como eles crescem quando estão juntos.

Ambos possuem as suas dores e os seus medos, o que torna o amor deles ainda mais verídico. Vemos aqui uma relação que, mesmo nascendo de uma mentira, é real ao mostrar que o amor não cura todas as nossas feridas, mas é forte o suficiente por nos fazer acreditar que, quando estamos ao lado das pessoas certas, podemos renascer e gostar de quem nos tornamos.

O livro tem a sua carga emocional, mas também é capaz de arrancar boas gargalhadas, afinal, estamos falando de Marcus Cassani. O jeito irônico de Marcus e as respostas à altura de Júlia vão te proporcionar uma boa dose de diversão. Além disso, vamos ter ainda a boa e velha Tia Berenice, que é dona de um espírito jovem, brincalhão e amoroso.
"E esta é a parte difícil: aprender a viver. Envolve ser adulto, aprender a lidar com as perdas e situações traumáticas. Também envolve se abrir para outro ser humano, aceitar a mão estendida, dar o melhor de si a quem se ama. Eu ainda estava aprendendo isso. Quanto mais aprendia, mais bonita e preciosa a vida me parecia."
Além disso tudo, é preciso dizer que Alicia e Max aparecem na medida certa, o que me deixou bastante contente, pois eles conquistaram o meu coração, em Procura-se um Marido. Com o seu jeito despachado, Alicia vai oferecer valiosas dicas, ao longo das páginas, enquanto Max vai nos divertir com o seu lado protetor de irmão mais velho.

O enredo ainda oferece ao leitor alguns mistérios e algumas cenas de ação, o que o torna ainda mais emocionante. O final é maravilhoso, cheio de reviravoltas e escrito com tanto amor, é perceptível o cuidado que a Carina teve ao pensar nessas cenas.

Mentira Perfeita é não é um livro apenas sobre o amor, mas também sobre a importância da família e da amizade nas nossas vidas. É um livro que vai te ensinar que, mesmo que a vida pareça um mar revolto, o amor será capaz de nos levar até a nossa âncora

Classificação: 4 estrelas

2 comentários:

  1. Beeeeel, minha linda!
    Eu li esse livro ano passado e gostei bastante. Alguns pontos são um pouco forçados, principalmente aquela cena do cinema, mas ao todo foi uma obra muito boa.
    Carina conseguiu me agradar mais do que o último livro que tinha lido dela, Destinado. Ou seja, fiquei um pouco mais empolgada para Prometida.
    Mas como sempre você toda delicada e cheia de amor em suas resenhas!
    Beijo no coração <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aleeee,
      Ninguém consegue resistir ao Marcus Cassani. Hahaha. Fico feliz que você tenha gostado do livro e que tenha ficado mais empolgada para Prometida. Fico sempre muito feliz e radiante quando você gosta da resenha. Muito Obrigadaaaa !
      Beijos no coração,
      Bel <3

      Excluir