[Crônica] Quando a tempestade passar


Não sei se essa é apenas uma impressão minha, mas o ano de 2016 está sendo cheio de inúmeras surpresas desagradáveis e com uma energia bem pesada. Contudo, talvez eu esteja sentindo isso pelo fato de que muitos problemas de saúde conseguiram pegar muitos membros da minha família e amigos meus, nos últimos meses. A mensagem é clara, estamos sendo regidos por aquário e temos um longo aprendizado sobre a vida pela frente.

Às vezes, quando as notícias ruins conseguem nos atingir, parece que elas adoram vir bem acompanhadas de muitos outros impasses. E essas vibrações negativas e esses problemas que nos acometem conseguem, muitas vezes, nos por para baixo. A faculdade está sendo complicada, a tia está acamada, o motor do carro morreu e, para completar, a inspiração não vem para novos textos que precisam ser escritos.

É, parece que o Universo acordou ao contrário e que o nosso fardo está cada vez mais pesado, sendo melhor assim permanecer debaixo das cobertas e esquecer que o mundo está clamando por uma atitude nossa. Estamos cansados de ser apenas alvo de más notícias e queremos apenas silêncio para a nossa alma e calmaria para o nosso espírito.

Uma certa vez, li em um livro que nada é tão bom ou tão ruim como parece que vai ser, pois estamos sempre sendo surpreendidos pelas investidas do destino. E essa é uma verdade universal, pois não estamos sozinhos em nossas percepções. Devemos lembrar que as circunstâncias que nos rodeiam possuem também as suas próprias regras.

Contudo, de repente, recebemos uma notícia boa que consegue transformar o nosso dia completamente. De repente, somos surpreendidos pela grandeza do inesperado e o cenário do nosso espírito se transforma drasticamente. E com tudo isso, conseguimos perceber que energia positiva atrai realmente mais energia positiva. Somos capazes de muitas coisas, sendo acreditar uma das principais. Mesmo com dias difíceis a ser enfrentados, devemos saber e, em nosso íntimo, temos a convicção de que o amanhã traz infinitas possiblidades de novos recomeços e de redescobrimento.

Em tempos como esse é que percebemos como a grandiosidade da vida reside no fato dela não ser uma estrada reta. O que nos proporciona emoção são os pontos altos e os pontos baixos que a nossa caminhada nos reserva. A partir dos obstáculos que a vida possui, percebemos como a jornada é difícil, mas, quando executada arduamente, ela pode ser maravilhosamente boa. É preciso ter temperança e gratidão, pois o céu límpido e radiante só aparece depois de uma longa noite de tempestade.


Imagem retirada do Tumblr Legião Urbana.


2 comentários:

  1. Como sempre uma dose de sensibilidade e palavras extremamente bem colocadas.
    Tocam meu coração! <3
    Bel, você é ótima. De verdade.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito Obrigada, Ale, pelas palavras e por sempre acompanhar as crônicas e o Blog. Saiba que isso significa muito para mim. Beijos no coração.

      Bel <3

      Excluir